Blog

5 cuidados após a amputação

Após a liberação da equipe médica que o acompanha, é necessário passar por uma avaliação por toda equipe para definir a conduta de seu tratamento, a escolha de sua prótese e o seu processo de adaptação.

Cada pessoa é única e as suas soluções também, por isso a importância de se ter uma equipe ao seu lado nesse momento.

Separamos alguns cuidados que devem ser realizados nesse primeiro momento e são fundamentais para a sua adaptação com a prótese.

Vale lembrar, que você deve sempre ser acompanhado por um profissional capacitado.

1.Fortalecimento Muscular:

É fundamental e necessário preparar toda a musculatura para que você esteja apto para receber sua prótese.

Os exercícios passados, devem ser feitos em casa também, para que haja uma continuidade em seu processo de pré-protetização.

2. Enfaixamento do coto

O enfaixamento é um dos processos mais importantes na fase que antecede a colocação da prótese. Fundamental, ele é responsável para modelar o coto e colabora para reduzir o inchaço (edema) do coto, mantê-lo protegido e diminuir a sensação de formigamento.

O profissional que o acompanha irá indicar o modelo de faixa e modo de realizar o enfaixamento.

Vale lembrar que a faixa deve manter uma pressão firme, sem apertar demais para não diminuir a circulação do sangue na região ou provocar desconfortos e até mesmo dor.

____3 - Tratamento da cicatriz

É super importante realizar a massagem na região da cicatriz para prevenção de complicações como: aderências, retrações, cicatrizes dolorosas e hipersensibilidade que podem dificultar ou até mesmo comprometer o uso da prótese.

4 - Os cuidados com a dor e com a sensação do membro fantasma

A dor fantasma acontece porque, mesmo após a amputação continuamos sentindo as sensações de dor, coceira e choque.

Quanto mais você usar o coto, mais informação fornecerá ao seu cérebro sobre a nova forma e tamanho do membro.

Para diminuir estas sensações você pode:

Massagear o coto com creme em todas as direções: da esquerda para direita; de cima para baixo; na diagonal;

Usar água fria e morna durante o banho e espojas de texturas diferentes;

Massagear o coto suavemente com a toalha ao secar;

Tocar os dois membros com os olhos fechados e comparar a sensibilidade;

Usar a técnica do espelho que você vai aprender nas sessões de tratamento.

5 - Reestruturação da imagem corporal

Esse momento, é importantíssimo para distribuição corporal.

O treinamento deve ser feito junto com seu profissional de confiança, através de diversas atividades e posições para reestruturar a imagem que tem do seu próprio corpo.

Gostou? Compartilhe com seus amigos e familiares.

19 / Out / 2020
Dr. João Batista

Comente essa publicao